Confira a tradução da matéria escrita pela colunista Juliette Perks do site norte-americano BuzzFeed.

 

Junto com o resto do mundo, fiquei surpresa com a performance arrepiante de Evan Peters como o serial killer da vida real Jeffrey Dahmer em Dahmer ‚Äď Monster: The Jeffrey Dahmer Story da Netflix, e isso me lembrou o quanto Peters √© um grande ator. (N√£o que eu realmente precisasse ser lembrada, mas voc√™ entendeu).

Quer dizer, eu pessoalmente acho que ele tem sido bastante subestimado ao longo dos anos, mesmo quando ele est√° arrasando na maioria das temporadas de American Horror Story.

Então, pensei que agora seria o momento perfeito para olhar para trás e refletir sobre a carreira de ator Peters, pois trago para vocês 19 papéis que provam que ele é um dos melhores de Hollywood.

 

1. Kai Anderson em American Horror Story: Cult

Kai deve ser uma das performances mais espetaculares de Peters at√© hoje, e alguns dizem que Kai √© o personagem mais assustador que o ator interpretou. Kai √© o principal antagonista de Cult, que incorpora uma mistura aterrorizante de masculinidade t√≥xica com um carisma manipulador. Ele √© mentalmente inst√°vel e obcecado com a ideia de poder, tanto que usa o medo para manipular as pessoas com o objetivo de liberar o caos para “alcan√ßar a mudan√ßa”.

Peters teve dificuldades particularmente naquela temporada de AHS enquanto o personagem de Kai se desenvolvia, desde ter que distribuir puni√ß√Ķes brutais at√© manipula√ß√£o sexual e suas demonstra√ß√Ķes p√ļblicas de prazer, mas o ator acertou em cheio encarnando o aterrorizante l√≠der do culto.

 

2. Detetive Colin Zabel em Mare of Easttown

Estrelando ao lado de Kate Winslet em Mare of Easttown, Peters estrela como Colin Zabel, que é chamado como detetive do condado para ajudar na investigação de Mare (Winslet). Trocando o assustador pelo realista, o personagem de Peters é um jovem sério lutando contra a síndrome do impostor depois de receber crédito por um caso que ele não resolveu.

Peters infiltrou o caminho de seu personagem nos cora√ß√Ķes do p√ļblico antes de uma reviravolta abrupta e chocante, provando que uma parte ador√°vel de um cara legal √© tanto para ele quanto para seus muitos vil√Ķes.

 

3. Jimmy Darling em American Horror Story: Freak Show

Jimmy Darling, também conhecido como o menino lagosta, é outra entrada forte de AHS para Peters. Nascido com uma condição que seus pais tiraram vantagem, Jimmy teve uma educação traumática e sonhava em deixar o show de horrores para viver uma vida normal.

Um personagem charmoso e corajoso, Jimmy lutaria pela aceita√ß√£o dos “freaks” (aberra√ß√Ķes) como pessoas comuns, e Peters faz um trabalho maravilhoso ao interpretar um de seus personagens de AHS menos malvados at√© agora.

 

4. Alex em Vida de Adulto

Um papel muito menos intenso do que o habitual, Peters estrela ao lado de Emma Roberts pela primeira vez em Adult World (Vida de Adulto), um filme sobre uma menina ingênua recém graduada na faculdade, Amy, que acredita que está destinada a ser uma grande poetisa, aceita um emprego em uma loja de pornografia enquanto busca  uma orientação com um escritor recluso.

Alex é um dos colegas de trabalho de Amy que mais tarde se torna um interesse amoroso, e é revigorante ver Peters interpretar uma pessoa totalmente normal, lembrando-nos que ele não é apenas um líder de culto e é realmente muito bom em interpretar o tipo suave e gentil!

 

5. Warren Lipka em Animais Americanos

Baseado em uma história real, American Animals (Animais Americanos) vê Peters interpretando Warren Lipka, um homem que comete um roubo de arte ao lado de outros três. Lipka é o líder do roubo, carismático, mas um pouco tóxico, e definitivamente procurando uma emoção.

Peters dá uma performance carismática mais uma vez, e a confiança de seu personagem transpira (mesmo nos momentos mais sombrios ao lidar com as consequências do assalto) neste filme divertido e centrado em uma história bizarra.

 

6. Mr. Gallant em American Horror Story: Apocalypse

Finalmente, o criador de AHS, Ryan Murphy, deu um tempo a Peters! Nesta temporada de AHS, Peters interpreta o Sr. Gallant, um cabeleireiro e homem da moda que adora um lenço de seda no pescoço e que está lutando com a vida pós-apocalíptica.

O personagem frívolo definitivamente adicionou um toque de comédia alegre a outra série sombria, e Peters trouxe muita diversão ao papel. Quero dizer, que outro ator poderia interpretar um cara sendo torturado enquanto gritava o nome de ícones gays dos anos 70 e 80?! Clássico.

 

7. Merc√ļrio em WandaVision

Eu absolutamente amei a aparição do Quicksilver falso de Peters em WandaVision, e sua entrada na tela definitivamente roubou a cena e fez as pessoas comentarem!

Mesmo que Pietro/Quicksilver não fosse o real como logo descobrimos, o personagem de Peters trouxe uma energia fantástica, peculiar e edificante em suas cenas com os filhos de Wanda, e enfatizou ainda mais a vibe nostálgica de comédia que o show estava procurando.

Me dê um spinoff de Ralph Bohner/Pietro/Quicksilver qualquer dia!

 

8. Jeffrey Dahmer em Dahmer ‚ÄĒ Monstro: A Hist√≥ria de Jeffrey Dahmer

Voc√™ n√£o achou que eu esqueceria o Dahmer, achou? √Č desnecess√°rio dizer que o retrato de Peters do serial killer da vida real √© t√£o assustador quanto poss√≠vel.

Est√° al√©m de mim como Peters foi capaz de filmar esta s√©rie, mantendo a din√Ęmica complexa do assassino. √Č incrivelmente assustador, distorcido e absolutamente maligno, e Peters √© insanamente convincente.

 

9. Kit Walker em American Horror Story: Asylum

Em AHS Asylum, Peters finalmente conseguiu interpretar mais uma v√≠tima do que um vil√£o. Seu arco de personagem? Kit Walker (um frentista de posto de gasolina) tem sua vida virada de cabe√ßa para baixo quando alien√≠genas sequestram ele e sua esposa, mas na sequ√™ncia do sequestro, Walker √© falsamente culpado por matar sua esposa e duas outras mulheres, e √© enviado para Briarcliff Manor. Sanat√≥rio onde ele √© acusado de ser o serial killer “Bloody Face”.¬†

Gostei muito do desempenho de Peters como Kit. Ele fez o personagem de Asylum realmente agrad√°vel e evocou muita simpatia por ele tamb√©m. Enquanto a s√©rie inicialmente deixa voc√™ adivinhando sobre as circunst√Ęncias de Kit, voc√™ sempre acaba torcendo por ele e, finalmente, adicionou outra camada de profundidade √† s√©rie, sabendo que o pobre Walker estava passando pelos horrores do sanat√≥rio e se colocando em perigo (enquanto at√© mesmo protegendo outra presa, Grace), tudo porque ele queria viver uma vida tranquila com sua esposa.

 

10. John ‘Jack’ Daniels em One Tree Hill

Voc√™ sabia que Evan Peters estava em One Tree Hill? Bem, ele interpretou um estudante problem√°tico da Tree Hill High School e o interesse rom√Ęntico de Sam Walker depois que eles formaram uma amizade pr√≥xima. Ele esteve na s√©rie por um total de seis epis√≥dios e serviu como al√≠vio sarc√°stico e c√īmico ao longo da temporada, com as express√Ķes faciais mais relacion√°veis ‚Äč‚Äč‚Äč‚Äčaos nossos eus adolescentes. Ah, tamb√©m √© muito fofo v√™-lo ter um pequeno arco rom√Ęntico em oposi√ß√£o aos psicopatas, yay!

 

11. Charles Manson em American Horror Story: Cult

Evan Peters interpretou um total de cinco líderes de culto em Cult, todos loucos e aterrorizantes! Claro, Kai está lá em cima com os melhores, mas também têm sua interpretação de Charles Manson.

Al√©m das estranhas fisicalidades de interpretar o criminoso de Cult, Peters encarna o assassino assumindo um leve sotaque sulista e servindo alguns olhares seriamente loucos, mas o que funciona tamb√©m √© o humor negro por tr√°s de Charles Manson quando ele aparece e diz algo estranhamente engra√ßado. Como “n√£o posso confiar nas vadias”. Mais uma performance incr√≠vel de Peters.

 

12. Todd em Kick-Ass

Lembra do papel coadjuvante de Peters no primeiro Kick-Ass? Ele interpretou Todd Haynes, o melhor amigo do personagem principal Dave Lizewski interpretado por Aaron Taylor-Johnson. Embora um papel um pouco menor, os confrontos de filmagem significavam que ele não poderia expandir a busca de super-herói do personagem na sequência do filme, mas suas cenas com certeza mostraram o potencial que ele tinha de chutar (entendeu?!).

 

13. James Patrick March em American Horror Story: Hotel e Apocalypse

James Patrick March foi um personagem incr√≠vel, e Peters mais uma vez acertou em cheio. Apresentando principalmente em Hotel e depois Apocalipse, o Sr. March √© um dos maiores vil√Ķes interpretados por Peters.

March projetou o Hotel Cortez como o para√≠so de um assassino completo com quartos escondidos, c√Ęmaras e muito mais coisas horr√≠veis! Depois de tirar a pr√≥pria vida, seu fantasma permanece no hotel, e ele continua a torturar e perseguir v√≠timas da vida ap√≥s a morte.

Peters √© excepcional em interpretar o assassino excessivamente educado, ao mesmo tempo em que balan√ßa um bigode, um penteado “Comb over” e um sotaque br√Ęmane suave de classe alta. Afinal, quem mais voc√™ poderia ver interpretando algu√©m que pode ser visto sorrindo, rindo e sendo jovial na prepara√ß√£o para um assassinato brutal?

 

14. Stan Bowes em Pose

Peters interpreta Stan Bowes na primeira temporada de Pose. Bowes é um homem de família que trabalha para a Trump Organization para sustentar sua família, mas enquanto se ajusta à sua nova ocupação, ele conhece Angel (Indya Moore), uma trabalhadora do sexo trans e tenta manter um caso de amor secreto com ela.

O papel parece um dos caminhos mais diferentes para Peters, e foi ótimo vê-lo trilhar novos caminhos com esse personagem, um personagem nervoso e ambicioso, mas com camadas, enfrentando seus próprios problemas de identidade.

 

15. Luke em The Office

Ok, passou pela sua cabeça que Evan Peters estrelou um episódio de The Office na 7ª temporada?! Peters entra na série como sobrinho de Michael Scott (Steve Carell).

Ao tentar aproximar sua família, Scott convida seu sobrinho, Luke, para trabalhar como assistente, imaginando que ele se sairá surpreendentemente. Bem, no estilo típico de Michael Scott, seu plano sai pela culatra, e acontece que Luke é preguiçoso e quer perturbar o escritório.

Se voc√™ nunca viu este epis√≥dio, por favor, aproveite este clipe hil√°rio de Peters absolutamente arrasando em sua apar√™ncia c√īmica. Peters ri alto e engra√ßado como Luke, pregando a vibra√ß√£o de sobrinho vazio, pregui√ßoso e que n√£o pode ser incomodado, coberto com uma performance perfeita e sarc√°stica!

 

16. Dwight Chapin em Elvis & Nixon

Elvis & Nixon é uma comédia sobre a história real não contada por trás do encontro entre Elvis Presley e o presidente Richard Nixon. Peters interpreta Dwight Chapin, o associado do funcionário da Casa Branca, Bud Krogh, interpretado por Colin Hanks.

O resultado? Embora n√£o seja o maior papel que ele j√° assumiu, Peters certamente nos convence de que ele poderia ser um verdadeiro funcion√°rio da Casa Branca.

 

17. Tate Langdon em American Horror Story: Murder House e Apocalypse

Na minha opinião pessoal, Tate Langdon é um dos papéis mais complexos e malignos de AHS e Peters. Um personagem solene e cansado, atormentado por segredos obscuros e um duplo aspecto de sua personalidade, ele é um cara bem assustador!

Para contextualizar, Tate é um dos muitos fantasmas presos na Murder House. Quando ele estava vivo, ele cometeu um tiroteio em massa em sua escola, e quando ele está morto, ele agride sexualmente Vivien Harmon, enquanto tenta seduzir sua filha problemática, Violet. Ah, e então seu ataque a Vivien resulta no nascimento do Anticristo, então você sabe, ele realmente não é um fantasma amigável.

Embora mais tarde seja revelado que Satanás estava influenciando Tate e usando-o como um peão, você não pode deixar de ficar aterrorizado graças ao excelente retrato de Peters desse sujeito confuso.

 

18. Clay em Renascida do Inferno

Neste terror de 2015, The Lazarus Effect (Renascida do Inferno), um grupo de pesquisadores médicos descobre uma maneira de trazer pacientes mortos de volta à vida. Exatamente o que alguém quer, certo?!

Praticamente interpretando o pregui√ßoso e maconheiro do laborat√≥rio em um horror aparentemente de filme B, Peters faz muito bem em realmente nos convencer de que ele encontrou sua morte por causa de um cigarro eletr√īnico. Cr√©dito onde o cr√©dito √© devido.

 

19. Kyle Spencer em American Horror Story: Coven

O pobre Peters est√° sempre tendo dificuldades. Em Coven, seu personagem, Kyle Spencer, √© morto pela bruxa Madison Montgomery (Emma Roberts) quando ela vira um √īnibus em que ele est√° dentro.

Um personagem inteligente, carinhoso e bom o suficiente, Kyle era contra os típicos estereótipos de garotos de fraternidade, mas, infelizmente, acaba se tornando um pouco como o monstro de Frankenstein, uma vez que ele é ressuscitado pelas bruxas. Ai!

Depois de ser trazido de volta dos mortos, Peters faz uma performance cativante enquanto Kyle age com pouca compreensão do mundo ao seu redor, sem qualquer coordenação física, sendo incapaz de falar e absolutamente pirando quando suas memórias voltam. Se alguém pode fazer um arco de personagem morto para ressuscitado parecer bom, é Peters.

 

Qual é a sua performance favorita de todos os tempos de Evan Peters? Conte-nos nos comentários!